Scripts de importação

Imprimir

Coordenação de Estágio

Compete à Coordenação de Estágios:

I – celebrar convênios de concessão de estágio, nos quais se explicitem o processo educativo compreendido na Proposta Pedagógica dos cursos;
II – elaborar, desenvolver e coordenar o processo de regulamentação, acompanhamento e avaliação de Estágios;
II – promover o aperfeiçoamento do Campus Barbacena como local de estágios supervisionados para discentes de cursos nos diversos níveis de ensino;
III – elaborar e manter atualizado o Manual do Estagiário;
IV – informar aos Coordenadores de Cursos sobre as atividades de estágio pertinentes a sua área;
V – emitir declarações e certificados referentes à realização e supervisão de estágios;
VI – intermediar, junto aos órgãos competentes, a distribuição das bolsas de estágio destinadas ao Campus Barbacena;
VII – representar o Campus Barbacena nos foros específicos da área, quando se fizer necessário;
VIII – executar outras funções que, por sua natureza, lhe sejam afins ou lhe tenham sido atribuídas.
 
 
Estágios

O estágio é condição para a certificação, ou seja, como o estágio consta da matriz curricular, o aluno que não realiza-lo fica impossibilidade de receber o diploma de conclusão de curso.

É de competência exclusiva do aluno buscar meios de realizar seu estágio. A Escola apenas atua como agente facilitador, sugerindo empresas ou informando possíveis solicitações de empresas aos alunos.

Tendo definido e acertado o estágio na empresa ou instituição, o aluno procura a CIEC (Coordenadoria de Integração Escola Comunidade) para que essa Coordenadoria efetive junto à empresa o referido estágio, encaminhando os documentos que devem ser preenchidos pelos responsáveis para que seja validado.

Sobre o estágio:

  • O estágio deve ser planejado, executado, acompanhado e avaliado em conformidade com os currículos e calendários acadêmicos;
  • O estudante que exercer atividade profissional correlata ao seu curso na condição de empregado devidamente registrado, autônomo, ou empresário, ou ainda atuando oficialmente em programas de incentivo à pesquisa científica e ao desenvolvimento tecnológico, poderá valer-se de tais atividades para efeitos de realização do seu Estágio Curricular Obrigatório (E.C.O), desde que atenda o projeto pedagógico do curso;
  • A duração mínima do E.C.O é definida no projeto pedagógico do curso, atendida a legislação vigente;
  • Somente poderão realizar estágio os estudantes que tiverem 16 (dezesseis) anos completos na data de início do estágio;
  • A jornada diária do Estágio será compatível com o horário escolar do estudante e não pode prejudicar suas atividades escolares;
  • O estudante deverá concluir o estágio no prazo máximo de conclusão do curso previsto no projeto pedagógico do respectivo curso.
 

Recomendações do Ministério do Trabalho e Emprego

 
- Para o estágio não obrigatório é compulsória a concessão de bolsa ou outra forma de
contraprestação que venha a ser acordada, bem como a concessão do auxílio-transporte.
 
 
- Para o estágio obrigatório, a concessão de bolsa ou outra forma de contraprestação e
auxílio-transporte é facultativa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Seguem abaixo links para arquivos relacionados com estágio: